Category Archives: Health

Reflexões para o Dia Mundial da Água

Dias comemorativos são sempre assim, abarrotados de informações sobre o tema que se escolheu (a mídia e as organizações mais influentes) para falar, celebrar ou mesmo para “encher linguiça”, como diz o popular equivalente de “enrolar”. Mas enfim, acho interessante pelas informações e desinformações que podemos obter sobre o assunto, geralmente algo que está em voga ou moda.

E como nosso figurão da sustentabilidade está aí para ser discutido, entendido e criticado, hoje é Dia Mundial da Água. Dia bom para pensar o que você e eu fazemos com relação ao cuidado e uso racional desse bem tão precioso, tão bom para nossa casa, corpo, para gerar energia e alimentos. Você sabe o que as empresas fazem em termos de uso e cuidado, e os governos com suas políticas mais diversas que afetam esse recurso?

Enfim, leia o que puder sempre com olhar bem atento, bem crítico, e muito amoroso e atento no que diz respeito à sua relação com a água! Um trecho da mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, divulgado no site da organização:

Nas próximas décadas, alimentar uma população global crescente e garantir a segurança alimentar e nutricional para todos dependerá do aumento da produção de alimentos. Esta, por sua vez, significa assegurar o uso sustentável do nosso recurso finito mais crítico – a água.

O tema deste ano do Dia Mundial da Água é a água e a segurança alimentar. A agricultura é de longe a maior usuária de água potável. Se não formos capazes de usar a água com sabedoria na agricultura, falharemos em acabar com a fome e vamos abrir a porta para uma série de outros males, incluindo a seca, a fome e a instabilidade política.

Quem quiser ler tudo (recomendo!), clique aqui!

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Education, Environment, Health, Media

Revolução começa em casa

Qualquer mudança de hábito e cultivo de valores começa em casa. Tratar bem as pessoas começa pela própria família, pelos amigos, por aqueles que trabalham diariamente conosco. Assim como pensar de maneira consciente e reduzir o consumo de água, de energia, etc. E dentro disso também saber pensar, comprar e descartar seus orgânicos.

A dica de hoje – que está mais para dica pra sempre – está em um post magnífico do blog Agir pela Sustentabilidade. Um condensado de muitas coisas que já li e vi por aí, vale a pena!

REDUZIR O LIXO ORGÂNICO (CLIQUE E LEIA!)

(um aperitivo, sem os links originais)

Existem muitas formas de reduzir o desperdício, especialmente no que diz respeito ao lixo orgânico. Aqui ficam alguns exemplos:

– compre apenas o que precisa e, no caso dos produtos frescos, compre quantidades menores com maior frequência, dando preferência a produtos biológicos, locais e da época. Assim evitará desperdícios dos alimentos que não consuma e se estraguem entretanto, e do seu dinheiro!

– armazene bem os alimentos, para evitar ter que os deitar fora por se estragarem. Conserve-os numa despensa fresca, seca e escura, no frigorífico, no congelador/arca congeladora ou em conserva. Tente respeitar os prazos de validade, mas lembre-se: se disser “consumir de preferência antes de”, desde que as suas propriedades não estejam alteradas, pode consumi-los para lá da data recomendada.

– recolha as sementes dos legumes (abóbora, courgette, tomate, etc.). Pode guardá-las em frascos ao abrigo da luz solar e usá-los para sementeira (no seu quintal/horta/vasos na varanda, dar aos vizinhos, trocar por outras que lhe façam falta) e comer quando germinarem ou quando estiverem completamente desenvolvidas. Pode também secá-las e comê-las como aperitivo bastante benéfico para a saúde.

– separe o lixo orgânico e faça compostagem e/ou vermicompostagem – reduzirá em muito o volume do seu “lixo” e produzirá solo fértil para as suas plantas!

Se seguir todas estas dicas, estará a contribuir para diminuir o seu impacto no ambiente e na sua carteira!

Fonte: http://sustentabilidadeeaccao.blogspot.com/2012/01/lixo-reduzir-o-lixo-organico.html

Deixe um comentário

Filed under Education, Environment, Health